Cursos

Home Cursos
Voltar

International Course on Contributions and Challenges of Participatory Community Based Research and Ethnography in Health Promotion Studies - 2º Módulo

Unidade/ofertante: Instituto Oswaldo Cruz Telefone: Tel: (21) 2562-1200 / 1444 / 1401
C Capacitação/Cursos Livres
Presencial
Aguarde Novas Inscrições

Sobre o curso

A Investigação Participativa de Base Comunitária atua com a comunidade em processos que moldam estratégias de pesquisa e intervenção, envolvendo a comunidade em todas as fases de aplicação da pesquisa, desde a definição das necessidades da comunidade até a implementação das intervenções eventualmente propostas, capacitando-a para definir e responder às problemáticas de saúde, promovendo assim seu empoderamento (SOUZA E BATISTA, 2009; DIAS, 2013). A Etnografia compreende o estudo, pela observação direta e por um período de tempo, das formas costumeiras de viver de um grupo particular de pessoas tendo como abordagem de investigação científica introduzir os atores sociais com uma participação ativa e dinâmica no processo modificador das estruturas sociais (MATTOS, 2011). Consolidar o conhecimento de técnicas metodológicas que permitem o estreitar de laços entre comunidade e ciência implica intervir naquilo que se pretende conhecer, com o olhar de quem vivencia aquela realidade. Ainda que muitas vezes, possuindo olhares distintos de uma mesma realidade, pesquisadores e comunidade podem partilhar um mesmo processo de produção de conhecimento para melhoria da qualidade de vida comunitária.


International Course on Contributions and Challenges of Participatory Community Based Research and Ethnography in Health Promotion Studies - 2nd Module

Curso Internacional sobre Contribuições e Desafios da Investigação Participativa Baseada na Comunidade e a Etnografia em Estudos de Promoção da Saúde - 2º Módulo

 
Em setembro de 2018 a PG em Ensino e Biociências e Saúde, por meio de recursos CAPES Proex (nota 6) viabilizou a primeira edição do ‘Curso Internacional Envolvimento da ciência com a sociedade: experiências colaborativas de produção de conhecimentos e de empoderamento comunitário em iniciativas de promoção da saúde’, coordenado pela Profa. Claudia Teresa Vieira de Souza (Fiocruz) e pelo Prof. João Arriscado Nunes (Universidade de Coimbra), no âmbito do convênio firmado entre a Fundação Oswaldo Cruz e o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. A primeira edição do curso teve como proposta aproximar a comunidade científica e a sociedade visando à produção do conhecimento sobre temas em saúde. Esta proposta de aproximar ciência e sociedade foi um sucesso extraordinário e ensejou, em 2019, a realização do 2º Curso Internacional Promoção da Saúde no Envolvimento da Ciência com a Sociedade: experiências colaborativas de produção de conhecimentos e de empoderamento comunitário, numa parceria com a Catalunha, Espanha, através do Instituto de Saúde Global da Universidade de Barcelona e do Hospital Universitátio Vall d´Hebron da Universidade Autônoma de Barcelona. Vivenciar a proposta das duas versões do Curso Internacional ressaltou a importância de pesquisas com abordagens que valorizam as relações entre comunidade e pesquisadores, tendo na comunidade uma parceria na investigação, possibilitando que a esta tenha seu espaço de fala, permitindo que o pesquisador conheça o contexto local a qual está inserida. Almejando incrementar o conhecimento de metodologias que promovam a participação dos diversos atores sociais envolvidos e aproximam estes dos pesquisadores, originou-se esta proposta de curso que oportunizará um estudo articulado entre teoria e prática abordando aspectos conceituais da Investigação Participativa de Base Comunitária - módulo 1 - e da Etnografia - módulo 2 - e experiências desenvolvidas pelas pesquisadoras Sónia Ferreira Dias (Escola Nacional de Saúde Pública, Universidade Nova de Lisboa, Portugal) e Janine M. Ramsey (Instituto Nacional de Saúde Pública, México).

A Etnografia compreende o estudo, pela observação direta e por um período de tempo, das formas costumeiras de viver de um grupo particular de pessoas tendo como abordagem de investigação científica introduzir os atores sociais com uma participação ativa e dinâmica no processo modificador das estruturas sociais (MATTOS, 2011). 

Consolidar o conhecimento de técnicas metodológicas que permitem o estreitar de laços entre comunidade e ciência implica intervir naquilo que se pretende conhecer, com o olhar de quem vivencia aquela realidade. Ainda que muitas vezes, possuindo olhares distintos de uma mesma realidade, pesquisadores e comunidade podem partilhar um mesmo processo de produção de conhecimento para melhoria da qualidade de vida comunitária.

Ao realizar inscrição no curso o candidato autoriza o uso de sua imagem e áudio para fins educacionais e de pesquisa.

O curso será realizado na modalidade presencial e não haverá transmissão online.
O curso será ministrado em português e espanhol.
Claudia Teresa Vieira de Souza - Docente dos cursos de Pós-graduação em Ensino de Biociências e Saúde (nota 6), Chefe do Laboratório de Pesquisa em Epidemiologia e Determinação Social da Saúde do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas/Fiocruz (INI/Fiocruz).
Email: cclau@fiocruz.br;
http://lattes.cnpq.br/2060754449822025
 
Tania Cremonini de Araújo-Jorge – Docente dos cursos de Pós-graduação em Ensino de Biociências e Saúde (nota 6) e em Biologia Celular e Molecular (nota 7), ambos do IOC-Fiocruz. Chefe do Laboratório de Inovações em Terapias, Ensino e Bioprodutos (LITEB/IOC/Fiocruz)-Email:  taniaaj@ioc.fiocruz.br; tania.araujojorge@gmail.com
Tel: (21) 2562-1295;  http://lattes.cnpq.br/1782386890431709
Local: Audiório Maria Deane - Pav. Leônidas Deane
IOC/ Fiocruz/ Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro
Datas: 11 e 13 de novembro de 2019
 
Data/Hora  Atividades Prof. Responsável
11/11 
9:00h às 9:30h
Abertura do Curso  Coordenação do Curso: Claudia Teresa Tania de AraújoJorge 
11/11
09:30h às 12:00h 
Aula 1: 
 Etnografia: conceito, método, potencialidades, limites e desafios. 
Janine Ramsey 
11/11
12:00h às 12:30h 
Discussão   
11/11
12:30h às 13:30h  
Almoço  
11/11
13:30h às 17:00h 
Aula 2: 
A Etnografia como metodologia em ações preventivas para a doença de Chagas - Experiências no México.  
Janine Ramsey 
13/11 
09:00h às 11:00h 
Aula 3: 
A resiliência comunitária em uma região onde a doença de Chagas é endêmica: como promover processos participativos para lidar com essa condição a partir da resiliência da população? 
Janine Ramsey 
13/11 
11:00h às 12:30h 
Roda de Conversa: 
O envolvimento dos portadores de Doença de Chagas em ações de promoção da saúde como estratégia para multiplicar conhecimentos 
Tânia de AraújoJorge Josefa de Oliveira Integrante da Associação Rio Chagas 
 
Moderadora: Janine Ramsey 
13/11
12:30h às 13:30h  
Almoço   
13/11 
13:30h às 15:30h 
Aula 4: 
 Gênero e doenças transmitidas por vetor: desafios na prevenção e assistência.
Janine Ramsey 
13/11 
15:30h às 17:00h 
Avaliação e Encerramento  Claudia Teresa Tania Araujo-Jorge Janine Ramsey 
Janine M. Ramsey - Centro Regional de Investigación en Salud Pública, Instituto Nacional de Salud Pública, Tapachula, Chiapas, México. Tem experiência na técnica de etnografia. Desenvolve atividades na área de mobilização comunitária no Centro Regional de Investigação em Saúde
Metodologia: Aulas expositivas, debates e oficinas.
 
Avaliação: Participação de 75% das aulas e participação nas atividades do curso. 

Não será emitido certificado aos participantes que não apresentarem a frequência mínima exigida de 75% das aulas.Público-alvo: Profissionais da saúde, alunos de pós-graduação, docentes e demais interessados no tema.

Seleção: Serão priorizados os alunos do PPG-EBS, alunos de outras pós-graduações e pesquisadores da área.