Guia do aluno 2018

A Fiocruz preparou este guia com informações úteis aos alunos.

Navegue pela página e conheça a nossa instituição!

Começar

ou role para baixo

Boas Vindas

Fotografia de Nísia Trindade, presidente da Fiocruz

Caros alunos e alunas,

É uma satisfação recebê-los na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituição estratégica em ciência e tecnologia em saúde, da qual agora vocês fazem parte. Este Guia do Aluno traz informações úteis para que você conheça melhor nossa instituição - que associa pesquisa, educação, assistência, inovação e produção sob a ótica da democracia e do desenvolvimento socioeconômico.

É nessa perspectiva que recebemos os jovens pesquisadores, buscando oferecer uma formação ética, de qualidade, comprometida com a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e a construção de uma sociedade mais equânime. Na certeza da educação como processo emancipatório e libertador, desejamos a você uma excelente estadia na Fiocruz.

Nísia Trindade
Presidente da Fiocruz

A Fiocruz

Detalhe do prédio Castelo do Mourisco, no campus da Fiocruz em Manguinhos

Criada em 25 de maio de 1900, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, é a principal instituição de pesquisa biológica, biomédica e de saúde pública da América Latina. A Fiocruz desenvolve suas atividades por meio de programas institucionais em pesquisa e desenvolvimento tecnológico, educação, produção, serviços de referência e ambiente, informação e comunicação e em planejamento e gestão.

Hoje, a Fiocruz é o maior produtor nacional de imuno-biológicos e um importante centro fornecedor de medicamentos para o Sistema Único de Saúde (SUS). Realiza, em seus laboratórios, o controle de qualidade de bens e serviços com potencial de risco à saúde pública. Nas suas unidades assistenciais executa análises clínicas e realiza consultas médicas.

Suas instalações sediam dezenas de centros de referência nacionais e internacionais. Nas áreas de informação e comunicação, a Fiocruz edita publicações científicas e de divulgação, além de dispor de bibliotecas interligadas em rede.

Também desenvolve uma série de atividades de natureza extracurricular que imbricam-se com a educação e a pesquisa. Alguns desses projetos são:

Conheça a nossa presidência

Veja o organorama da Fiocruz

Presidência da Fiocruz: Fotografia colorida de Nísia Trindade de Lima, presidente da Fiocruz.

Nísia Trindade de Lima
Presidente da Fiocruz

Presidência da Fiocruz: Fotografia colorida de Manoel Barral Netto, vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação

Manoel Barral Netto
Vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação

Presidência da Fiocruz: Fotografia colorida de Marco Antonio Carneiro Menezes, vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde

Marco Antonio Carneiro Menezes
Vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde

Presidência da Fiocruz: Fotografia colorida de Mario Santos Moreira, vice-presidente de Gestão e Desenvolvimento Institucional

Mario Santos Moreira
Vice-presidente de Gestão e Desenvolvimento Institucional

Presidência da Fiocruz: Fotografia coloridade Rodrigo Correa de Oliveira, vice-presidente de Pesquisa e Coleções Biológicas

Rodrigo Correa de Oliveira
Vice-presidente de Pesquisa e Coleções Biológicas

Presidência da Fiocruz: Fotografia colorida de Marco Aurelio Krieger, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde

Marco Aurelio Krieger
Vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde

A Educação na Fiocruz

A Fiocruz é a principal instituição não universitária de formação e qualificação de pessoal para o Sistema Único de Saúde (SUS) e para a área de ciência e tecnologia em saúde do Brasil.

Os alunos da Fundação são oriundos de todas as regiões do país e também do exterior, em especial da América Latina e da África de língua portuguesa. Os cursos são oferecidos nas diversas Unidades da Fiocruz, em nível de pós-graduação Stricto sensu – com programas acadêmicos e profissionais –, em nível de pós-graduação Lato sensu – especialização e residência e Educação Profissional¬ formação inicial, continuada e Técnica de Nível Médio - e Educação de Jovens e Adultos – EJA.

Todos os cursos oferecidos pela Fiocruz podem ser acessados através do Campus Virtual Fiocruz, uma rede de conhecimento e aprendizagem voltada à educação em saúde. Neste ambiente virtual, pessoas e instituições parceiras compartilham plataformas, serviços e atividades. Com base no uso intensivo de tecnologias de informação, comunicação e educação, é possível ter acesso a cursos e recursos educacionais. Dessa forma, o Campus está alinhado aos princípios de ampliação do conhecimento, conforme a Política de Acesso Aberto da Fiocruz.

Quem é quem na educação da Fiocruz

  • A Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação é responsável pelo planejamento, integração e avaliação das atividades da Fiocruz referentes à educação (cursos de Educação Profissional e de pós-graduação Lato Sensu e Stricto Sensu), à informação (sistemas de informação para apoio gerencial e acadêmico, publicações científicas, sistema de bibliotecas e Museu da Vida) e à comunicação (internet e divulgação em todas as mídias).

    O ensino de pós-graduação Stricto sensu na Fiocruz é oferecido por cerca de 40 programas reconhecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), nas modalidades acadêmica e profissional. Além destes cursos, a Fiocruz associa-se a outras instituições para a oferta de cinco programas de pós-graduação.

    No credenciamento pela Capes, a Fiocruz é equiparada a uma instituição de educação superior e a Coordenação Geral de Educação, da VPEIC, é a instância que corresponde à Pró-reitoria Universitária.A pós-graduação Lato sensu, presente na maioria das unidades da Fiocruz, oferece em média 50 cursos anuais, entre presenciais e a distância.

    No âmbito do Ministério da Educação, que regula a oferta da pós-graduação Lato sensu, a Fiocruz é credenciada como Escola de Governo.

    Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação: Fotografia colorida de Manoel Barral Netto, vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação

    Manoel Barral Netto
    Vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação

    Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação: Fotografia colorida de Maria Cristina Rodrigues Guilam, coordenadora Geral de Educação

    Maria Cristina Rodrigues Guilam
    Coordenadora Geral de Educação

    Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação: Fotografia colorida de Eduarda Cesse, coordenadora Adjunto

    Eduarda Cesse
    Coordenadora Adjunto

    Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação: Fotografia colorida de Milton Ozório Moraes, coordenador Adjunto

    Milton Ozório Moraes
    Coordenador Adjunto

    Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação: Fotografia colorida de Tânia Celeste Nunes, coordenadora Adjunta para o Lato sensu e para a Educação Profissional

    Tânia Celeste Nunes
    Coordenadora Adjunta para o Lato sensu e para a Educação Profissional

    Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação: Fotografia colorida de Ana Cristina da Matta Furniel, Coordenadora do Campus Virtual Fiocruz

    Ana Cristina da Matta Furniel
    Coordenadora do Campus Virtual Fiocruz

    Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação: Fotografia colorida de Isabella Delgado, presidente da Comissão Própria de Avaliação da Fiocruz

    Isabella Delgado
    Presidente da Comissão Própria de Avaliação da Fiocruz

    Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação: Fotografia colorida de Marco Aurelio Krieger, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde

    Paulo Carvalho
    Secretário Executivo da Escola de Governo

  • A Comissão Própria de Avaliação da Fiocruz (CPA-Fiocruz) é um órgão representativo que tem a finalidade de coordenar e implementar o processo de auto avaliação institucional relacionada à oferta de cursos de pós-graduação lato sensu pelas unidades da Fiocruz. Tal processo auto avaliativo envolve toda a comunidade da Fiocruz: docentes, estudantes, técnicos-administrativos e dirigentes.

    A CPA foi criada como uma das exigências para o credenciamento institucional da Fiocruz como Escola de Governo, medida necessária para a regularização da oferta de seus cursos de pós-graduação lato sensu.

    A Comissão é composta por representantes de instituições externas, com ênfase em educação em saúde; da gestão do ensino na Fiocruz; do corpo docente da Fundação; técnicos administrativos; alunos e/ou egressos dos cursos; e representantes da sociedade civil organizada.

  • O Centro de Apoio ao Discente (CAD/Fiocruz) tem como finalidade acompanhar os alunos durante sua estada na instituição, favorecendo a integração e o equacionamento das situações individuais e coletivas que possam vir a influenciar no bem-estar, no desempenho acadêmico e no desenvolvimento profissional dos estudantes.

    O CAD - Fiocruz atua como um espaço de escuta psicossocial, oferecendo atendimento inicial e encaminhamento de demandas dos discentes, sejam elas de cunho particular ou institucional.

    Para informações, escreva para cad@fiocruz.br ou ligue para 3882-9066.

  • O Grupo de Trabalho para o Acolhimento na Fiocruz (GT Acolhimento) foi formado em 2012 por iniciativa da Coordenação Geral de Educação (CGEd). Seu objetivo é propor, promover e acompanhar as políticas e ações para acolher estudantes estrangeiros ou que venham de locais diferentes daqueles em que vão estudar. Para isso, o GT Acolhimento:.

    • assessora a Presidência da Fiocruz na formulação e na implementação de uma política de acolhimento de estudantes estrangeiros ou que venham de locais diferentes daqueles onde vão estudar;
    • promove a integração das ações institucionais relacionadas ao acolhimento dos estudantes em período de imigração temporária;
    • elabora estratégias para disseminar informações relacionadas às iniciativas de acolhimento destes estudantes.

    Além de fazer parte das estratégias de internacionalização da Fiocruz, o Grupo atua para promover a saúde integral dos estudantes, oferecendo suporte social frente aos desafios da imigração temporária. Dessa forma, a Fundação reconhece e valoriza a diversidade cultural que os estudantes de outros países e das diferentes regiões do Brasil trazem para a instituição, o que a enriquece e humaniza, contribuindo para o seu avanço acadêmico, científico, social e cultural.

    O GT Acolhimento é coordenado por um representante da Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação e constituído por membros indicados pelo Centro de Relações Internacionais em Saúde, pela Vice-Direção de Ensino da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, pela Vice-Direção de Ensino do Instituto Oswaldo Cruz e pela Associação de Pós-Graduandos da Fiocruz.

    Contato: fiocruz.acolhe@fiocruz.br

Campus Virtual Fiocruz

Toda a informação sobre ensino na Fiocruz pode ser acessada através do Campus Virtual Fiocruz, uma rede de conhecimento e aprendizagem voltada à educação em saúde. Através do Portal do Campus Virtual Fiocruz, pessoas e instituições parceiras compartilham serviços e atividades educacionais fazendo uso intensivo de tecnologias de informação, comunicação e educação. No Campus Virtual Fiocruz é possível ter acesso a informações sobre cursos, notícias, eventos e editais.

O campus virtual Fiocruz ainda oferece os seguintes serviços:

Plataforma de Recursos Educacionais

Esse espaço foi criado para dar visibilidade aos recursos educacionais produzidos na instituição e estimular a produção de novos recursos, além de sua ampla circulação, promover a reutilização dos materiais. Com essa iniciativa, Lembramos que a licença de uso de cada recurso encontrado deverá ser observada antes de sua utilização.

Acesse a Plataforma de Recursos Educacionais.

Plataforma de Videoaulas

Inspirados em serviços já em uso em Universidades no Brasil e no mundo, a Plataforma de videoaulas disponibilizas aulas gravadas, videos de cursos e eventos gravados.

Acesse a Plataforma de Videoaula.

Documentos

O Campus Virtual disponibiliza documentos institucionais de interesse a comunidade acadêmica da Fiocruz.

Acesse os documentos.

Plataforma de Aulas Virtuais e Comunidades Virtuais

O Campus Virtual Fiocruz disponibiliza para professores e alunos um ambiente virtual de aprendizagem, baseado na plataforma Moodle para criação de cursos a distancia e comunidades virtuais de aprendizagem para apoio aos cursos e disciplinas presenciais.

Acesse os a Plataforma de Aulas Virtuais.

Unidades Técnico-Científicas e Escritórios

Fotografia: Fachada da Casa Oswaldo Cruz, no Campus Manguinhos
Casa de Oswaldo Cruz (COC)

Saiba mais

Fotografia: Vista aérea da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, no Campus Manguinhos
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP)

Saiba mais

Fotografia: Fachada da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, no Campus Manguinhos
Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV)

Saiba mais

Fotografia: Fachada da Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos, no Campus Manguinhos
Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos (ICTB)

Saiba mais

Fotografia: Fachada do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, no Campus Manguinhos
Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT)

Saiba mais

Fotografia: Fachada do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, no Campus Manguinhos
Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos)

Saiba mais

Fotografia: Vista aérea do prédio do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, no Campus Manguinhos
Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS)

Saiba mais

Fotografia: Fachada do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Campus Manguinhos
Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI)

Saiba mais

Fotografia: Fachada do Instituto Oswaldo Cruz, no Campus Manguinhos
Instituto Oswaldo Cruz (IOC)

Saiba mais

Fotografia: Fachada do Instituto de Tecnologia em Fármacos, no Rio de Janeiro
Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos)

Saiba mais

Fotografia: Vista aérea do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira, no Rio de Janeiro
Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF)

Saiba mais

Fotografia: Fachada da unidade da Fiocruz no estado do Amazonas
Fiocruz Amazônia

Saiba mais

Fotografia: Fachada da unidade da Fiocruz no estado da Bahia
Fiocruz Bahia

Saiba mais

Fotografia: Fachada da unidade da Fiocruz no estado de Minas Gerais
Fiocruz Minas Gerais

Saiba mais

Fotografia: Fachada do Instituto Carlos Chagas, no estado do Paraná
Fiocruz Paraná

Saiba mais

Fotografia: Fachada da unidade da Fiocruz no estado de Pernambuco
Fiocruz Pernambuco

Saiba mais

Fotografia: Fachada da unidade da Fiocruz em Moçambique
Fiocruz África (Moçambique)

Saiba mais

Fotografia: Escritório Fiocruz Brasília
Fiocruz Brasília

Saiba mais

Fotografia: Escritório Fiocruz Ceará
Fiocruz Ceará

Saiba mais

Fotografia: Escritório Fiocruz Mato Grosso do Sul
Fiocruz Mato Grosso do Sul

Saiba mais

Fotografia: Escritório Fiocruz Piauí
Fiocruz Piauí

Saiba mais

Fotografia: Escritório Fiocruz Rondônia
Fiocruz Rondônia

Saiba mais

Serviços

Secretarias Acadêmicas

Ao chegar à Fiocruz, você deve procurar imediatamente a Secretaria Acadêmica de seu curso, que providenciará um crachá de identificação para circulação pelo campus e acesso aos prédios.

Na secretaria acadêmica são fornecidas ainda informações sobre matrícula, disciplinas a serem cursadas, histórico, qualificação/defesa de dissertação e tese, entre outros processos acadêmicos. Você poderá informar-se melhor na sua área interna do site da Fiocruz:

Os alunos devem solicitar à secretaria acadêmica um nome de usuário e uma senha de acesso ao site.

Secretarias dos Programas de Pós-graduação

A secretaria/coordenação do programa de pós-graduação informará os alunos da disponibilidade de bolsas, auxílios para participação em congressos, entre outras ajudas de custo. Os programas dispõem de quantidade limitada de bolsas, e as regras para sua implementação seguem as normas das agências de fomento. Consulte a coordenação do programa.

Bandejão EPSJV
Café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar*
  • café da manhã (9h40-10h), almoço (11h30-14h), lanche (15h30-16h30) e jantar (17h45-19h15)
  • (21) 3865-9713
  • Térreo do prédio da EPSJV

*Oferecido gratuitamente para uso exclusivo dos estudantes da EPSJV

Cantina da Tia Penha
Lanches e comida a quilo
Espaço Gourmet
Café da manhã, refeições e lanches
Norsul Catering
Comida a quilo
Lanchonete da Asfoc
Lanches
Restaurante e Lanchonete Arthur Brandão (Expansão)
Comida a quilo e lanches
Restaurante da Quadra de Esportes
Lanches e refeições
  • 7h às 15h (refeições servidas a partir das 11h)
  • (21) 3882-8943
  • Atrás da garagem
  • O NUST/CST fica localizado no Pavilhão Carlos Augusto da Silva, ao lado da Asfoc. O atendimento no NUST ocorre de segunda a sexta, das 8h às 17h, bem como o funcionamento de toda CST. Para ser atendido no NUST, basta possuir um vínculo com a instituição (funcionário, estagiário, bolsista, colaborador ou estudante) e comprová-lo mediante alguma identificação, como crachá, contracheque ou encaminhamento do setor. No caso de um visitante, o NUST fará a identificação do usuário no sistema de registros como tal.

    O Nust oferece aos estudantes os seguintes serviços:

    1. Pronto atendimento médico em casos de emergências/urgências no que se refere a:
      • 1.1. Emergências/urgências de nível 3 – casos em que há necessidade de uma avaliação médica, mas não há risco de vida ou de perda de funções, não requerendo intervenção imediata.
      • 1.2. Emergências/urgências de nível 4 – situações em que o médico pode proceder a conselhos por telefone, orientar sobre o uso de medicamentos, cuidados gerais e outros encaminhamentos.
    2. Atendimento interdisciplinar em casos de acidentes
    3. Distribuição de preservativos – mediante cadastro
    4. Imunização – ações de rotina, para grupos específicos e campanha
  • O ambulatório do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (CESTEH) da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP), localizado no Prédio Primeiro de Maio, também poderá ser utilizado pelos alunos em situações específicas listadas abaixo:

    • Exame preventivo do câncer cervicouterino
    • Doenças respiratórias relacionadas com questões ambientais ou ocupacionais
    • Doenças dermatológicas relacionadas com questões ambientais ou ocupacionais
    • Perda auditiva relacionada com o trabalho
    • Situações de assédio moral relacionadas ao trabalho ou às atividades didáticas

    Mais informações:

    • (21) 3882-8943 (Serviço de Documentação)
    • (21) 3882-8943 (Coordenação de Serviços)

Alojamento

Existe, para alunos estrangeiros e de fora do estado do Rio de Janeiro, a possibilidade de alojamento durante um período limitado no Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF - Ensp/Fiocruz). O alojamento é gratuito e fica no bairro de Jacarepaguá, localizado na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

  • O alojamento é composto por 22 apartamentos, com acomodações compartilhadas para quatro pessoas. Cada apartamento dispõe de dois quartos com duas camas de solteiro cada um, ventilador de teto, ar condicionado, cozinha com forno de micro-ondas e refrigerador do tipo frigobar, banheiro com chuveiro elétrico, sala com televisão, mesa com duas cadeiras e sofá de dois lugares. Dispõe também de aparelho telefônico com linha liberada para ligações internas, ligações a cobrar e recebimento de ligações de qualquer distância.

    Na área externa, o alojamento oferece espaços gramados para lazer e estacionamento amplo.

  • A solicitação de vaga para estudantes que venham de locais fora do Rio de Janeiro deverá ser enviada formalmente para o CRPHF/ ENSP, pelos endereços eletrônicos alojamentohf@ensp.fiocruz.br e jepramos@ensp.fiocruz.br, com cópia para o Centro de Apoio ao Discente, endereço eletrônico cad@fiocruz.br.

    As solicitações serão avaliadas conforme a disponibilidade das vagas e a distribuição dos alunos conforme o sexo (apartamentos ocupados somente por homens ou somente por mulheres).

    Não há possibilidade de hospedagem de famílias.

    O pedido é válido por seis meses, com possibilidade de renovação, e deve ser feito com aproximadamente 30 dias de antecedência do período pretendido, discriminando:

    • Nome, setor, cargo ou função e dados para contato do responsável pela solicitação na Fiocruz.
      A carta de solicitação poderá ser assinada pela vice-direção de educação/ensino, pelo coordenador do programa, pelo coordenador do curso ou pelo orientador.
    • Nome completo do aluno interessado na hospedagem
    • Datas de entrada e de saída do alojamento
  • A limpeza e conservação das partes comuns e externas do alojamento são de responsabilidade dos funcionários dos serviços gerais.

    A conservação dos apartamentos é de responsabilidade dos hóspedes, que os recebem limpos e conservados e devem, ao final da permanência, entregá-los nas mesmas condições. Desta forma, a limpeza durante a estadia deverá ser providenciada pelo hóspede, assim como a aquisição de material de limpeza.

    As roupas de cama e banho para utilização durante a hospedagem devem ser providenciadas pelos usuários. O alojamento dispõe de lavanderia com lavadora e secadora para uso individual dos hóspedes e outro espaço comum reservado para administração do alojamento.

  • O campus conta com equipe de segurança de empresa terceirizada durante 24 horas por dia nas áreas comuns. Ressalte-se, porém, que o Centro de Referência isenta-se de responsabilidade em caso de extravio de pertences particulares de hóspedes.

  • Além do alojamento do Centro de Referência Professor Hélio Fraga, existe possibilidade de hospedagem provisória, com custo, no Espaço Carlos Chagas/Casa Amarela, local destinado a receber pesquisadores quando de passagem pela Fiocruz.

    O Ambiente da Casa Amarela é de uso coletivo (quatro camas por quarto), com custo de hospedagem. Você pode solicitar a reservas através dos seguintes canais:

    Reservas online:

    http://www.sch.fiocruz.br/reserva/

    No primeiro acesso, é necessário se cadastrar. Para fazer a reserva, basta preencha o formulário de solicitação online.

    Reservas por e-mail:

    casaamarela@fiocruz.br

    Você deve informar:

    • Nome completo
    • Período desejado (com previsão de horário de chegada e saída para cálculo das diárias a pagar)
    • Motivo/justificativa da solicitação de hospedagem
    • Contatos e instituição

Mais informações: cad@fiocruz.br

Bancos e Correios

Bancos:

Agência do Banco do Brasil: em frente à Biblioteca Central de Manguinhos, que funciona das 10h às 16h.

Caixas eletrônicos do Banco do Brasil: Bio-Manguinhos (no Pavilhão Rocha Lima), Ensp (térreo) e nos fundos do prédio do Quinino, localizado atrás do Castelo Mourisco.

Correios:
  • Onde: Seguindo pela rua do Museu da Vida, em direção ao Castelo Fiocruz. A agência fica do lado direito, na altura da Casa de Chá.
  • 9h às 11h e 12h às 17h
  • (21) 2598-4377

Biblioteca

O acesso à biblioteca é aberto ao público, bem como a consulta a seus acervos.

Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Inscrição e empréscimo de material:

Para fazer a inscrição na Biblioteca, o usuário deve preencher o Formulário de Inscrição e apresentar os seguintes documentos: crachá ou carteira funcional ou outro documento de comprovação de vínculo com a Fiocruz, além do comprovante de residência.

Os usuários receberão a carteira de identificação com código de barras, sem a qual não será realizado o empréstimo do material desejado. A carteira é pessoal e intransferível.Os prazos de empréstimo são os seguintes: sete dias para livros, dissertações e teses – o usuário terá direito a até cinco publicações; sete dias para outros itens, como VHS, DVD e CD-ROM, tendo o usuário o direito a três fitas VHS ou três DVDs.

Algumas unidades técnico-científicas da Fiocruz têm biblioteca com acervo próprio. Consulte o funcionamento e critérios de empréstimo diretamente nas unidades.

Fotocópias

O serviços de reprodução gráfica terceirizados são oferecidos nos seguintes locais:

Escola Nacional de Saúde Sergio Arouca (Ensp)
  • Onde: No térreo, ao lado do restaurante
  • 9h às 11h e 12h às 17h
  • (21) 2598-2513
Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV)
  • Onde: Térreo
  • 8h às 17h
  • (21) 3865-9799
Prédio da Expansão
  • Onde: Segundo andar no prédio da expansão - próximo ao elevador de serviço
  • 9h às 16h
  • (21) 3882-9198

Transporte

Interno

Quem trafega pela Fundação tem rápido acesso a qualquer localidade do campus e também às proximidades, como Bonsucesso e a estação de metrô de Triagem, por meio do serviço de transportes interno.

Orientações gerais:

  • Solicite a parada para desembarque externo na Av. Brasil, em ambos os sentidos do campus (passarela nº 6 e em frente a portaria Brasil nova), ao entrar no veículo.
  • Animais só poderão utilizar o ônibus se estiverem dentro do “transporte” – caixas destinadas para este fim.
  • Não é permitido trajar jalecos (uso hospitalar e laboratorial) dentro dos veículos, conforme prescrevem as normas de biossegurança.

Confira linhas e horários atualmente disponíveis:

  • 7h | 7h30 | 8h

    Embarque externo:

    • Av. Londres (em frente ao Colégio Rui Barbosa)
    • Av. Paris (em frente à Suam e em frente à loja Toulon)

    Embarque/desembarque Fiocruz:

    • Portão Pesado
    • CTV
    • Almoxarifado Central
    • Pavilhão Rocha Lima
    • Portaria da Av. Brasil
    • Castelo, Banca de jornal
    • Museu da Vida
    • Biblioteca/BB
    • Creche
    • Cecal
    • Dirac
    • Orla do rio
    • ENSP
    • Expansão
  • 7h30 | 8h30

    Embarque externo:

    • Estação do metrô de Triagem
    • Senai Triagem
    • Rua Dom Helder Câmara (em frente ao Prezunic, mas do lado oposto)

    Embarque/desembarque Fiocruz:

    • ENSP
    • Orla do rio
    • Dirac
    • Farmacodinâmica
    • INCQS
    • Biblioteca
    • INI
    • Bio-Manguinhos
    • Portaria Av. Brasil
    • Castelo
    • Banca de jornais
    • Museu da Vida
    • Biblioteca/BB
  • 9h | 9h30min | 10h | 10h30min | 11h | 11h30 | 12h | 12h30 | 13h | 13h30 | 14h | 14h30min | 15h | 15h30min | 16h (exceto sexta-feira, último às 15h30)

    Pontos de partida:

    • Portaria da Leopoldo Bulhões
    • Portaria do Prédio da Expansão

    Embarque/desembarque Fiocruz:

    • ENSP
    • Orla do rio
    • Dirac
    • Farmacodinâmica
    • INCQS
    • Biblioteca, INI e/ou Pav. Rocha Lima
    • Bio-Manguinhos
    • Portaria Av. Brasil
    • Castelo
    • Museu da Vida
    • Biblioteca/BB
    • Creche
    • Dirac
    • Orla do rio
    • Expansão
    • Campus Manguinhos
  • 16h |16h30 | 17h10

    Embarque/desembarque Fiocruz:

    • Expansão
    • Portão Pesado
    • CTV
    • Almoxarifado Central
    • Pavilhão Rocha Lima
    • Portaria da Av. Brasil
    • Castelo
    • Banca de jornais
    • Museu da Vida
    • Biblioteca/BB
    • Creche
    • Dirac
    • Orla do rio
    • ENSP

    Desembarque externo:

    • Correios (Praça das Nações)
    • Av. Paris (Suam)
    • Av. Paris (Toulon)
  • 17h | 17h30 | 18h05

    Embarque/desembarque Fiocruz:

    • Portão Pesado
    • CTV
    • Almoxarifado Central
    • Pavilhão Rocha Lima
    • Portaria da Av. Brasil
    • Castelo
    • Banca de jornais
    • Museu da Vida
    • Biblioteca/BB
    • Creche
    • Cecal
    • Dirac
    • Orla do Rio
    • ENSP

    Desembarque externo:

    • Correios (Praça das Nações)
    • Av. Paris (Suam)
    • Av. Paris (Toulon)
  • 16h15 | 17h15

    Embarque/desembarque Fiocruz:

    • ENSP
    • Orla do Rio
    • Portão Pesado
    • CTV
    • Almoxarifado Central
    • Pavilhão Rocha Lima
    • Portaria da Av. Brasil
    • Castelo
    • Banca de jornais
    • Museu da Vida
    • Biblioteca/BB
    • Creche
    • Cecal
    • Dirac
    • Orla do Rio
    • ENSP

    Desembarque externo:

    • Rua Dom Helder Câmara (em frente ao Prezunic)
    • Estação do metrô de Triagem
    • Senai Triagem
Externo:

O usuário que deseja chegar à Fiocruz pode utilizar ônibus, trem ou metrô. De trem, o visitante deve descer na estação Manguinhos da Supervia, localizada em frente à entrada dos fundos (Rua Leopoldo Bulhões, 1.480). O usuário precisa apenas ficar atento à plataforma de embarque. Vindo da Central do Brasil, deve embarcar na Plataforma 12, nos trens sentido Gramacho e Saracuruna. Aqueles que embarcam nos ramais de Deodoro, Santa Cruz, Japeri, Paracambi, Belford Roxo, Vila Inhomirim e Guapimirim devem descer em São Cristóvão, estação de transferência para os ramais de Gramacho e Saracuruna.

De metrô, o usuário precisa utilizar a Linha 2 e descer na estação Triagem. Dessa estação é possível fazer baldeação para a estação Triagem da Supervia, que fica apenas a uma estação de Manguinhos ou, conforme o horário, utilizar o ônibus da Fiocruz que faz a ligação Manguinhos-Triagem-Manguinhos.

Mais informações: Guia de linhas de ônibus do Rio de Janeiro

Obs: Os estudantes da Educação Básica, segundo a Lei 9394/1996, devem ser atendidos por programas suplementares de material didático-escolar, transporte, alimentação e assistência à saúde. Tanto o Estado, quanto o município do Rio de Janeiro, possuem políticas que auxiliam o transporte dos estudantes dessa etapa formativa. Subsidiados por essas políticas, atualmente, os estudantes da EPSJV dos cursos técnicos integrados ao ensino médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) têm direito à isenção do pagamento de tarifas, no deslocamento - casa/escola/casa, nos serviços de transporte de passageiros por ônibus, metrô e trem.

Alunos estrangeiros

Fotografia de um grupo de 7 alunos estrangeiros, segurando uma folha com o nome de seus respectivos países

Apresente-se na Secretaria Acadêmica da sua unidade, área responsável pelo encaminhamento da identificação funcional dos alunos.

Em seguida, faça seu Registro de Estrangeiro no Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris). Qualquer alteração das informações fornecidas no Registro de Estrangeiro deve ser comunicada ao Cris pessoalmente ou por e-mail.

O fim do vínculo institucional de alunos estrangeiros e a data prevista de retorno ao país de origem devem ser comunicados formalmente pelo coordenador do curso junto ao Cris.

Se você é estudantes do Programa de Estudantes- Convênio de Pós-graduação (PEC-PG), siga as orientações previstas no Manual específico divulgado pelas agências de governo responsáveis.

Cabe a você, aluno, providenciar a legalização de documentos escolares emitidos pela Fiocruz antes de voltar ao seu país de origem. Informe-se junto à Secretaria Acadêmica de sua unidade.

  • A inscrição no CPF deve ser feita na Receita Federal pelo próprio interessado ou seu representante legal.

    Informações completas estão disponíveis no site da Receita Federal

    O requerimento de CPF também pode ser feito nos Correios, na Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil. O requerente deve apresentar o passaporte, um comprovante de endereço e pagar a taxa de emissão. Depois é necessário validar o pedido de CPF na Receita Federal. O requerente irá receber um comprovante com o número de CPF.

  • Assim que o estudante ingressa no Brasil com visto para estudantes (visto temporário tipo IV), é obrigatório que se apresente na Polícia Federal para a realização dos processos de registro, num prazo de 90b> dias a partir da data de chegada.

    O documento de permanência temporária de estrangeiros no Brasil chama-se Registro Nacional de Estrangeiros (RNE). Somente com este número o estudante poderá abrir conta em banco ou realizar qualquer outra atividade que necessite de uma confirmação da sua permanência prolongada no Brasil.

    Informações para obtenção da carteira com o RNE estão disponíveis no site da Polícia Federal

  • Carteira Nacional de Estrangeiro

    Na falta da Carteira Nacional de Estrangeiro, em razão de demora na sua emissão, excepcionalmente podem ser admitidos, desde que apresentados em conjunto, os seguintes documentos:

    • Protocolo de registro na Polícia Federal dentro do prazo de validade;
    • Certidão atual expedida pela Polícia Federal contendo os dados do registro;
    • Documento mencionado no protocolo de registro contendo foto e com o visto de entrada emitido pela Polícia Federal.
    • Comprovação de Matrícula na Fiocruz
    • Cadastro de Pessoa Fisica – CPF
    • Comprovante de Residência
    • Comprovante de Rendimentos

    Mesmo que o estudante já tenha apresentado outros documentos, é necessário que o estudante apresente a Carteira Nacional de Estrangeiro ao banco assim que recebê-la.

    Além da Carteira Nacional de Estrangeiro, consulte a agência do seu interesse para saber quais são os outros documentos necessários a abertura da conta de Pessoa Física (já que isso pode variar de acordo com cada banco).

Ciências cultura e cidadania

  • A Rede de Bibliotecas da Fiocruz, coordenada pelo Icict, tem um atualizado acervo de livros e periódicos. Os instrumentos de comunicação de que a Rede dispõe na área de documentação científica garantem um suporte adequado às teses, às dissertações, às pesquisas e a outros trabalhos dos alunos e orientadores.

    Acesse a rede de biliotecas

  • A emissora de televisão da Fiocruz associa comunicação, informação e educação, e contribui para a discussãode políticas públicas e o fortalecimento das práticas de profissionais e gestores do sistema de saúde.

    A emissora expande suas ações para os países da América Latina, em especial para os da América do Sul, em estreita colaboração com a Unasul, a Opas e um conjunto de instituições acadêmicas, de pesquisa e de produção de audiovisuais, emissoras de televisão e sites que se associam para um esforço comum de fortalecimento de uma política de comunicação em saúde para a América do Sul. Por meio da internet, está iniciando uma colaboração, no campo da telessaúde, com os países africanos de língua portuguesa.

  • Criada em 1993, a Editora contabiliza mais de 400 títulos, em obras que disseminam não só a produção acadêmica da Fiocruz, mas qualquer estudo de importância e impacto para a área da saúde em âmbito nacional e internacional. Ela é uma das protagonistas do Portal SciELO Livros (http://livros.scielo.org), lançado em março de 2012 e atualmente com nove editoras acadêmicas participantes. A Editora Fiocruz tem hoje 178 títulos disponíveis no SciELO Livros, 88 deles em acesso aberto. Os e-books em acesso comercial têm preços 40% abaixo do valor do exemplar impresso, de modo a facilitar o acesso.

  • Espaço de integração entre ciência, cultura e sociedade, o Museu da Vida tem por objetivo informar e educar em ciência, saúde e tecnologia de forma lúdica e criativa, através de exposições permanentes, atividades interativas, multimídia, teatro, vídeo e laboratórios.

    Acesse o site do Museu da Vida

  • A Fiocruz desenvolve, desde 1982, o programa Reunião, Análise e Difusão de Informação sobre Saúde (Radis). Em 2002, o programa reuniu todo o acervo de suas publicações em mídia digital com recursos de busca por palavras e expressões e lançou a revista Radis, incorporando as características das publicações anteriores com rigorosa periodicidade mensal, maior volume de conteúdo, flexibilidade editorial e recursos gráficos, dando um salto qualitativo na prática jornalística na área da Saúde. A publicação conta com informações sobre a saúde pública brasileira, debates sobre temas atuais na área da saúde, entrevistas com profissionais da área, informações sobre livros, realização de congressos etc. As assinaturas, gratuitas, podem ser feitas por correio eletrônico. As publicações também podem ser encontradas na página do Radis na internet.

    Saiba mais sobre a Radis

  • A VideoSaúde Distribuidora da Fiocruz é um serviço de produção e distribuição de material audiovisual voltado para atender demandas nas áreas de educação e pesquisa em saúde. Com acervo de mais de quatro mil títulos, a distribuidora tem mais de quatro mil usuários cadastrados, tanto de organismos e instituições do SUS quanto de entidades privadas, escolas, organizações não governamentais e comunitárias, além de usuários individuais.

    Saiba mais sobre a VideoSaude Distribuidora

  • As revistas científicas editadas pela Fiocruz estão reunidas no Portal de Periódicos Fiocruz. Neste espaço, você tem acesso aberto a artigos, notícias, entrevistas, vídeos e infográficos com base na produção científica em saúde em um só lugar. Conheça os periódicos Fiocruz:

    • Cadernos de Saúde Pública: criada em 1985, é uma publicação mensal editada pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz). Publica artigos originais que contribuam para o estudo da saúde pública em geral e disciplinas afins.
    • História, Ciências, Saúde – Manguinhos: voltada essencialmente para a história das ciências e da saúde. Periódico quadrimestral da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz).
    • Memórias do Instituto Oswaldo Cruz: está entre os mais destacados periódicos da América Latina indexados pelo Institute for Scientific Information (ISI) nas áreas de Medicina Tropical, Biologia Parasitária e Microbiologia.
    • Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde (Reciis): produto pioneiro do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict) para a divulgação das pesquisas nos campos da comunicação e informação científica e tecnológica em saúde. Edição semestral em formato bilíngue (inglês e português).
    • Revista Fitos: é editada pelo Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde do Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz). É uma publicação trimestral, em acesso aberto, que tem caráter interdisciplinar e divulga artigos científicos sobre pesquisa, desenvolvimento e inovação em medicamentos da diversidade vegetal, nas áreas de: agroecologia, botânica, etnociências, farmacologia, química, política e gestão.
    • Trabalho, Educação e Saúde: editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, destina-se à publicação, com periodicidade quadrimestral, de debates, análises e investigações, de caráter teórico ou aplicado, sobre temas relacionados à educação no campo da saúde.
    • Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência e Tecnologia (Visa em Debate): é uma publicação trimestral exclusivamente online, editada pelo Instituto Nacional de Controle da Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz) com o apoio financeiro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Divulga artigos acadêmicos e científicos inéditos que articulem temas multi e interdisciplinares sobre sociedade, ciência e tecnologia, relacionados aos diversos campos da vigilância sanitária.

    Acesse o Portal de Periódicos Fiocruz

Associação de Pós-graduandos da Fiocruz do Estado do Rio de Janeiro (APG Fiocruz-RJ)

A APG Fiocruz-RJ é o órgão de representação estudantil dos pós-graduandos das unidades técnico-científicas da Fiocruz do estado do Rio de Janeiro. Criada em março de 2012, foi fruto de intensa articulação de representantes discentes das diferentes unidades da Instituição. É uma entidade sem fins lucrativos que visa representar e lutar pelos direitos dos estudantes, bem como discutir questões referentes a educação, pesquisa, desenvolvimento tecnológico e saúde. A APG Fiocruz/RJ atua em conjunto com a Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG) pela valorização da ciência e dos pós-graduandos.

Para maiores informações, sugestões e questionamentos, entre em contato:

Expediente

Realização

Manoel Barral Netto
Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação

Maria Cristina Rodrigues Guilam
Coordenação Geral de Educação

Organização e supervisão

Márcia Silveira
Centro de Apoio ao Discente

Comunicação

Flávia Lobato e Raphaela Fernandes
Campus Virtual Fiocruz

Fotos

Casa de Oswaldo Cruz

Coordenadoria de Comunicação Social da Fiocruz

Fiocruz Imagens

Design e Desenvolvimento

Ana Paula Mendonça

Bruno de Oliveira

Luciana Nunes