webinário

Home webinário
Voltar
Publicado em 04/12/2020

Webinário discutirá tecnologias digitais na educação permanente em saúde

Autor(a): 
Fernanda Marques (Fiocruz Brasília)

Debater possibilidades e desafios do uso de tecnologias digitais no âmbito da educação permanente em saúde: este é o objetivo do webinário Educação, Saúde e Tecnologia em Mar Aberto, evento que chega à sua terceira edição nos dias 10 e 11 de dezembro, pela primeira vez em formato totalmente online, com transmissão ao vivo pelo canal da Fiocruz Brasília no Youtube. Ele será realizado junto com o 26º Encontro Nacional da Rede UNA-SUS, marcado para os dias 7 e 11 de dezembro com várias oportunidades de diálogo e reflexão entre pesquisadores e representantes da Rede. Dirigido a docentes, discentes e toda a comunidade acadêmica, o webinário Mar Aberto é uma iniciativa do Laboratório de Educação, Mediações Tecnológicas e Transdisciplinaridade em Saúde (Lemtes) da Fiocruz Brasília e integra o projeto Avaliação e prospecção de tecnologias web para a educação permanente em saúde, em parceria com o Ministério da Saúde.

Muito antes da pandemia, a equipe do projeto já se dedicava ao estudo e ao compartilhamento de experiências em educação em saúde, com uso de tecnologias digitais, realizadas em processos a distância ou semipresenciais, o que foi bastante intensificado devido à Covid-19 e estará em pauta no webinário. Além de discutir os impactos da pandemia, o encontro também fechará um ciclo do projeto, apresentando seus principais resultados em três frentes de atuação: trilhas de aprendizagem; avaliação em educação a distância; gamificação e aprendizagem colaborativa.

Mar Aberto

O primeiro seminário do ciclo Educação, Saúde e Tecnologias em Mar Aberto foi realizado em 2017 e o segundo, em 2019, sempre motivados pelo reconhecimento de que o mundo contemporâneo desafia as instituições educacionais a uma profunda revisão de seus princípios e métodos de trabalho. As críticas já bastante consolidadas e difundidas sobre a lógica da transmissão de conhecimentos; a ampla utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs); o crescimento de importância da chamada Educação a Distância (EAD); a crescente autonomia das pessoas na construção de seus processos de aprendizagem; a frustração, especialmente dos jovens, com a dinâmica tradicional dos cursos e a busca na web por alternativas de autodesenvolvimento; as pressões para reduzir a educação a uma formação meramente tecnicista de mão de obra para omercado de trabalho: todas essas questões impõem desafios às agendas das instituições e de todos os que atuam nos campos da educação e da saúde.

A expressão Mar Aberto, que aparece no nome da série de eventos, é justamente uma referência a todos esses desafios e transformações que incidem diretamente na educação em saúde.

+ Leia mais: Webinário apresentará resultados de projeto sobre tecnologias web para a educação permanente em saúde

Confira a programação:

10 de dezembro

  • 14h às 16h: Cenários pós-pandemia: como a intensificação das mediações tecnológicas impacta a Educação Permanente em Saúde?
  • 16h às 18h: Experiências e possibilidades de aplicação de trilhas de aprendizagem na Educação Permanente em Saúde

11 de dezembro

  • 14h às 16h: Avaliação em Educação a Distância
  • 16h às 18h: Gamificação e Aprendizagem Colaborativa na Saúde
  • 18h: Fechamento
Publicado em 18/11/2020

Formação, trabalho e identidade docente: encontro online dá início a curso internacional

Autor(a): 
Isabela Schincariol (Campus Virtual Fiocruz)

Na quinta-feira, 19 de novembro, às 14h, vai acontecer o webinário "Formação, trabalho e identidade docente". O encontro é realizado no âmbito do Curso Internacional sobre a Interdisciplinaridade das Ciências Humanas para a formação docente em Saúde. Ele é voltado a docentes da Fiocruz, das Escolas e Centros Formadores das Redes de Formação em Saúde Pública (RedEscola), da Rede de Escolas Técnicas do SUS (RET-SUS), das Escolas de Saúde Pública do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), da Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família (Renasf), da Rede Internacional de Educação de Técnicos em Saúde, da Rede Latino-Americana de Escolas de Saúde Pública, além de professores universitários, estudantes de pós-graduação e outros profissionais envolvidos no tema.

As inscrições estão encerradas, mas os interessados podem assistir as apresentações ao vivo pelo canal da VideoSaúde Distribuidora da Fiocruz no Youtube.

A mesa "Formação, trabalho e identidade docente" vai apresentar resultados parciais do projeto de formação de docentes da Fiocruz, com a análise dos grupos focais da pesquisa sobre identidade, trabalho e formação docente; relações entre formação, trabalho e identidade docente na área da saúde e análise comparativa da revisão bibliográfica sobre o tema.

Ela terá como convidados Tânia Celeste Matos Nunes (Vpeic), Gustavo de Oliveira Figueiredo (Instituto Nutes/UFRJ) e Terezinha de Lisieux Quesado Fagundes (Ufba). Yansy Delgado Orrillo (Instituto Nutes/UFRJ) será a debatedora e Cristina Guilam, coordenadora-geral de Educação da Fiocruz, vai conduzir o debate.

O curso internacional tem como objetivo apoiar professores na reflexão do seu papel na formação de sujeitos históricos na sociedade contemporânea, a partir de sua prática pedagógica e responsabilidade docente na saúde pública. A programação prevê a realização de sete encontros online, oferecidos em formato de webinários, entre novembro de 2020 e fevereiro de 2021.

O próximo encontro está marcado para 26/11 e abordará as "Contribuições das Ciências Sociais e Humanas para a formação e o trabalho docente", de 14h as 18h.  

Confira aqui a programação completa do Curso Internacional: Fiocruz promove curso livre internacional sobre formação docente em saúde

 

Subscrever RSS - webinário