Cursos

Home Cursos
Voltar

Saúde Coletiva em diálogo com as Epistemologias do Sul - 2ª Oferta - Edição 2019

Unidade/ofertante: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca Telefone: Stricto Sensu: (021) 2598-2557 // Lato Sensu: (021) 2598-2318 ou (021) 2598-2558 // Geral: (021) 2598-2525 Email: pseletivo@ensp.fiocruz.br
C Capacitação/Cursos Livres
Presencial
Aguarde Novas Inscrições

Sobre o curso

O curso tem por objetivo central aprofundar, na perspectiva da Saúde Coletiva, as discussões em torno dos estudos pós-coloniais e da obra do sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, sintetizada na proposição das Epistemologias do Sul. Trata-se de apresentar um pensamento alternativo de alternativas para repensar bases teóricas e metodológicas em diversas áreas da Saúde Coletiva.

O curso tem por objetivo central aprofundar, na perspectiva da Saúde Coletiva, as discussões em torno dos estudos pós-coloniais e da obra do sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, sintetizada na proposição das Epistemologias do Sul. Trata-se de apresentar um pensamento alternativo de alternativas para repensar bases teóricas e metodológicas em diversas áreas da Saúde Coletiva. Como proposta teórica e metodológica, as Epistemologias do Sul criticam a tripla dominação (capitalista, colonial e patriarcal) do projeto moderno de matriz eurocêntrica e aposta em novas possibilidades políticas e epistemológicas a partir das experiências e lutas sociais, travadas principalmente no Sul Global, contra as exclusões radicais, os racismos e as discriminações. Tal proposta é particularmente importante diante de um momento histórico com graves retrocessos que ameaçam os avanços sociais e de saúde, ainda que limitados, realizados nas últimas décadas na sociedade brasileira.

O curso permitirá a formação e intercâmbio de discentes e docentes da ENSP e FIOCRUZ como um todo interessados em áreas e temas como a saúde e ambiente, a reforma psiquiátrica, os direitos humanos, a saúde das populações dos campos, florestas e águas, e as práticas integrativas na atenção básica de saúde.

As aulas serão dadas por professores da ENSP/Fiocruz e do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra que já desenvolvem trabalhos em parceria. Dentre os temas a serem abordados destacamos: Epistemologias do Sul e o diálogo com os debates pós-coloniais, de colonialidade, decolonial e estudos subalternos; pensamento abissal, sociologias das ausências e emergências; as cinco ecologias como contraponto às cinco monoculturas; ecologia de saberes e tradução intercultural; Epistemologias do Sul e Saúde Coletiva no contexto do diálogo entre a América Latina e a Europa; aprendizados com a Reforma Psiquiátrica Brasileira e contribuições de Frantz Fanon nas lutas antimanicomiais; Práticas integrativas de saúde; Saúde, Ambiente e lutas sociais nas periferias urbanas, nos campos e florestas.
Público Alvo: O curso será destidando à discentes e docentes da ENSP e FIOCRUZ como um todo interessados em áreas e temas como a saúde e ambiente, a reforma psiquiátrica, a saúde das populações dos campos, florestas e águas, e as práticas integrativas na atenção básica de saúde.

Objetivos de Aprendizagem: Espera-se que os participantes do curso sejam capazes de incorporar aspectos conceituais e metodológicos relacionados às Epistemologias do Sul na pesquisa em Saúde Coletiva.

Metodologia: As aulas serão dadas por professores da ENSP/Fiocruz e do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra que já desenvolvem trabalhos em parceria. O terceiro dia será evento aberto ao público com duas mesas redondas. 

A avaliação será presença e entrega de trabalho final por escrito de, no máximo, 5 páginas.

Docente e coordenador responsável da ENSP:
Marcelo Firpo Porto – professor do Programa de Saúde Coletiva da ENSP/FIOCRUZ, coordenador do NEEPES (Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde)

Docente e co-coordenador internacional convidado:
João Arriscado Nunes – Investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Docente internacional convidado:
Bruno Sena Martins – Investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Docente nacional convidado:
Charles Tesser – Departamento de Saúde Coletiva – UFSC

Docentes da ENSP convidados:
Paulo Amarante - (LAPIS/ENSP/FIOCRUZ)
Roberta Gondim - (DAPS/ENSP/FIORUZ)
Gil Sevalho (DENSP/ENSP/FIOCRUZ)

Professores assistentes:
Diogo Ferreira da Rocha (NEEPES e pesquisador do Mapa de Mapa de Conflitos)
Marina Fasanello (NEEPES e PPGICS/ICICT)

O curso está sendo apoiado com recusos do Proex/Capes do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Saúde Pública da ENSP/FIOCRUZ
Detalhamento de carga horária: de segunda a sexta; das 09h às 17h
 
Para os alunos matriculados no Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública (mestrado acadêmico e doutorado) poderá ser solicitada, posteriormente, a validação de 1 (um) crédito acadêmico a cada 15 horas/aula.

Programa Completo: 

Aula  01 – 28/01 (Manhã): Professores Marcelo Firpo Porto, João Arriscado Nunes e Bruno Sena Martins.                       
Introdução ao curso: objetivos, métodos, prazos e sistema de avaliação
Porque as Epistemologias do Sul - um diálogo a partir dos debates pós-coloniais

Aula 02 – 28/01 (Tarde): Professores Bruno Sena Martins e João Arriscado Nunes
Tema: Introdução às Epistemologias do Sul: Pensamento Abissal, Sociologias das Ausências e Emergências, Tradução Intercultural e Artesania de Práticas.
 
Aula 03 – 29/01 (Manhã ): Professores João Arriscado Nunes, Marcelo Firpo Porto e Diogo Rocha (NEEPES/ENSP)                                   
Tema: Epistemologias do Sul e Saúde Coletiva: tensões, ausências e emergências

Aula 04 –  29/01 (Tarde): Professores Bruno Sena Martins e  Marcelo Firpo Porto                                     
Tema: Ecologia de Saberes e Linha Abissal: Saúde e Ambiente, desastres, deficiência e abissalidade nos corpos e territórios em conflito.
 
Aula 05 –  30/01 (Manhã): Evento Aberto CEENSP: : Saúde Coletiva e Epistemologias do Sul: inspirações e desafios da saúde e ambiente, saúde do trabalhador e da vigilância em (da) saúde. Marcelo Firpo Porto (NEEPES/ENSP), Bruno Sena Martins (CES/Coimbra) e Gil Sevalho (DENSP/ENSP)
                                    
Aula 06 – 30/01 (Tarde): Evento Aberto CEENSP: Saúde Coletiva e Epistemologias do Sul: inspirações e desafios da saúde mental, das terapias integrativas e complementares, e da população em situação de rua. Professores João Arriscado Nunes (CES/Coimbra), Paulo Amarante (LAPPIS/ENSP) Charles Tesser (UFSC), Roberta Gondim (DAPPS/ENSP)
 
Aula 07 –  31/01 (Manhã - sala 710 – Expansão):  João Arriscado Nunes e Paulo Amarante (LAPPIS/ENSP)                      
Tema: As Práticas Integrativas e Complementares na perspectiva das Epistemologias do Sul Tema: Contribuições de Fanon

Aula 08 – 31/01 (Tarde): João Arriscado Nunes e Marina Fasanello
Tema: Metodologias Colaborativas não Extrativistas: Arte, Performance e Narrativas
 
Aula 09 – 01/02 (Manhã): Professores do curso
Tema: Perspectivas dos participantes sobre possibilidades de incorporação de referenciais pós-coloniais e das epistemologias do Sul em seus trabalhos

Aula 10 –  01/02 (Tarde): Mesa final e avaliação do curso– Marcelo Firpo Porto, João Arriscado Nunes, Cristina Guilam (Coordenadora Geral de Pós-Graduação da Fiocruz), representação da Direção da ENSP e da Coordenação do PPGSP/ENSP.                     
Tema: Democracia e o Papel da Saúde Coletiva: contribuições das Epistemologias do Sul e colaboração com o CES-Universidade de Coimbra.
 
O curso envolve uma ação conjunta entre o Programa de Saúde Pública da ENSP e o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e dá continuidade à cooperação técnico-científica de longa data entre a Fiocruz e o Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. O curso também se justifica pelo crescente interesse nas Epistemologias do Sul por parte de docentes e discentes do PPGSP e outros programas, dentro e fora da Fiocruz, que têm incorporado o referencial dos estudos pós-coloniais e das Epistemologias do Sul.

O curso tem por objetivo central aprofundar, na perspectiva da Saúde Coletiva, as discussões em torno dos estudos pós-coloniais e da obra do sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, sintetizada na proposição das Epistemologias do Sul.
 


Editais

Chamada Pública
Veja mais informações e editais aqui