Cursos

Home Cursos
Voltar

PLANEJAMENTO ESCOLAR LOCAL NA TRANSPANDEMIA - 1º Oferta

Unidade/ofertante: Instituto Oswaldo Cruz Telefone: Tel: (21) 2562-1200 / 1444 / 1401
C Capacitação/Cursos Livres
À distância
Aguarde Novas Inscrições

Sobre o curso

O Curso está estruturado em 5 módulos: PROTEÇÃO E SAÚDE MENTAL NINGUÉM PARA TRÁS CUIDADOS SANITÁRIOS REORGANIZANDO O DIA A DIA NA ESCOLA CONSTRUINDO O PLANO LOCAL

Sua escola já se planejou para enfrentar o período transpandemia e pós-pandemia?

Esse é o curso on line preparado por programas de Pós-Graduação em Ensino do Rio de Janeiro para apoiar os gestores da Educação Básica e sua comunidade a fazer essa reflexão e a construir seus planos locais. 

No mundo inteiro a pandemia de COVID-19 vem impactando a vida. No Brasil, o funcionamento das escolas e universidades brasileiras foi interrompido em 20 de março de 2020, quando o estado de calamidade pública foi declarado. Desde então, as instituições de ensino vêm enfrentando o desafio de encontrar soluções para atravessar esse período de transpandemia, o transcurso dessa situação inédita no mundo, com a transformação que ela impõe às nossas vidas e práticas profissionais e educacionais. Tema central dos debates: a luta pelos direitos constitucionais de cidadania: direito à Educação(art. 205), à Saúde (art. 196),  e a um Ambiente saudável (art. 225), com a prioridade de defender a vida. 

Com a prioridade de defender a vida pelo tempo que a pandemia impuser, e de buscar um convívio responsável e seguro com a circulação endêmica ou sindêmica do vírus SARS-CoV-2, a Fiocruz/IOC publicou em 31/7/2020 a Nota Técnica nº 1/2020/PG-EBS/IOC-FIOCRUZ (*) apresentando sugestões gerais para um planejamento local nas escolas, seus gestores e educadores, de modo a auxiliar na proteção à saúde da comunidade escolar. 

Este curso de atualização de 30 horas foi pensado para apoiar gestores e comunidades escolares a realizar o enfrentamento dessa situação e construir um planejamento escolar local que dê conta dessas questões e muitas mais. O curso se baseia nas diretrizes da Nota Técnica, que apontam para a formação de equipes intersetoriais que possam: 

(1) ler os indicadores locais de progressão da pandemia e compreender seus determinantes;

(2) mapear a situação de saúde da comunidade escolar;

(3) engajar essa comunidade na meta de assegurar a educação de crianças e jovens;

(4) orientar iniciativas de inclusão digital e de segurança alimentar;

(5) conduzir mudanças nas condições física-estruturais da escola para prevenção da transmissão viral;

(6) transformar seus projetos político-pedagógicos para atender novas prioridades;

(7) desenhar e dominar um novo ensino híbrido, compatível com singularidades e diversidade; 

(8) incorporar estratégias educacionais inovadoras para acesso à Educação Básica no Brasil 
O curso foi desenhado por uma equipe multidisciplinar que inclui diversos programas de pós-graduação em Ensino no estado do Rio de Janeiro, tendo como bases a Fiocruz, o Cecierj e o Unicef. Será composto por 5 minicursos modulares: (1) Cuidando da Saúde; (2) Reorganizando a Escola; (3) Protegendo a Saúde Mental; (4) Ninguém para trás; e (5) Construindo o Plano Local. 

 

São diferenciais do curso: 

  • Formação continuada de qualidade para o planejamento escolar local, incluindo instrumentos de gestão.
  • Formação de equipes por escola, com no mínimo 2 profissionais por escola (podendo ter mais)
  • Modelo de curso a distância assíncrono, adaptável à sua atividade profissional.
  • Curso completo de 30 horas articulando os minicursos, com certificação.
  • Módulos com minicursos autoinstrucionais independentes, com certificação de 6 horas cada um.
  • Conclusão do curso completo em 8 semanas 
  • Conclusão de cada minicurso em 2 semanas ou menos.
  • Avaliação de especialistas sobre a proposta de plano que você construir no curso completo.

(*) http://www.fiocruz.br/ioc/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=282Fiocruz-Instituto Oswaldo Cruz, UNICEF, Rede de Programas de Ensino de Pós-Graduação do Rio de Janeiro e Fundação CECIERJ. Tania Araujo-Jorge
Daniel Salvador
Luciana Garzoni – 
Marcelo Camacho
Francisco Mattos 
Ana Carolina FonsecaObjetivo geral: 

Apoiar gestores escolares para tomadas de decisão e para a reorganização do planejamento das escolas no período trans e pós-pandemia, fortalecendo o debate sobre os princípios norteadores dessa tarefa e qualificando seu protagonismo nas necessárias transformações da escola no contexto atual.   

Objetivos específicos: 
  • habilitar os gestores a criarem a Comissão Interna de Saúde e Ambiente em suas escolas e a qualificá-las nos temas que forem considerados necessários.
  • habilitar os gestores a preparar o planejamento escolar local necessário para a transição de sua escola na transpandemia, período de transcurso durante e após a pandemia de COVID-19 com os itens sugeridos na Nota Técnica da Fiocruz sobre o tema (NT1/2020-IOC/Fiocruz)
  • criar vínculos de escuta, discussão e retroalimentação entre os gestores, suas escolas e as instituições de ensino superior que realizam formação continuada com educadores (pós-graduação lato sensu e stricto sensu)

Abertura de inscrições: 23/10/2020

Data de início do curso: 04/11/2020

Data de término do curso: 18/12/2020(1) Cuidando da Saúde: desenvolvimento de conceitos relativos às ações e cuidados em saúde com as escolas, envolvendo princípios de biossegurança, alterações estruturais e arquiteturais, e reorganização das escolas segundo protocolos sanitários viáveis e validados para a realidade local. Atividades para elaboração de propostas para o Plano Local, com estabelecimento de processos, instrumentos e estratégias de gestão que levem à construção da Vigilância Comunitária em Saúde na Escola e do Plano local de vigilância em saúde e prevenção da COVID-19 na escola. (2) Reorganizando a Escola - uma nova Escola: nada será como antes. Projeto Político Pedagógico: reconstrução. Novos princípios e atividades para uma nova escola. Base comum curricular: aplicando-a no projeto político pedagógico da escola. Ensino Híbrido e os desafios da inclusão. Rotina e práticas escolares. Replanejamento das ações pedagógicas e estratégias educativas na transpandemia.  (3) Garantindo a saúde mental e a proteção: impactos psicossociais causados pela pandemia na comunidade escolar e na proteção de crianças e adolescentes contra todas formas de violência: identificação e mapeamento de desafios locais; competências de gestores e professores para os cuidados da saúde mental de estudantes e para identificação e encaminhamento de casos de violência a partir do matriciamento territorial, com base na Lei 13.431; desenvolvimento de atividades, dinâmicas e práticas de fortalecimento de habilidades socioemocionais alinhadas ao desenho curricular da escola; impactos da pandemia; desenvolvimento de competências e habilidades para instituir práticas de fortalecimento da prevenção e de respostas à violência;  (4) Ninguém para trás: reflexões sobre os riscos de evasão escolar na escola como resultado da pandemia de COVID-19. Identificação das medidas de enfrentamento, prevenção e mitigação do problema da evasão.  Busca Ativa Escolar em crises e emergências: a experiência do Unicef; reconexão de gestores e professores; esforços de reintegração de alunos que foram afastados da escola por transformações familiares de cunho socioeconômico; identificação de  barreiras e soluções para o enfrentamento do tema na escola e proposição de ações sobre o tema no seu Plano estratégico; (5) Construindo o Plano Local: visão sistêmica dos problemas trazidos pela pandemia de COVID-19 para a Educação Básica e para a formação continuada dos profissionais da escola.  Análise estratégica da situação da escola no contexto da pandemia com instrumentos de gestão: fragilidades e forças da escola, ameaças e oportunidades. Leituras e materiais educacionais para o percurso formativo da comunidade escolar na transpandemia. Conceito de Plano Estratégico Local para o enfrentamento e o percurso na transpandemia, com foco em legados potenciais e estruturantes para a escola. Integração das propostas de planejamento desenvolvidas nos minicursos 1, 2, 3 e 4 e análise de outros planos disponíveis na comunidade educacional.Equipe docente (em ordem alfabética): 12 doutores e 4 mestres.

Ana Carolina Fonseca - oficial de programas para as áreas de Educação e Proteção do UNICEF Brasil - Mestre

Claudia Barreiros - professora da UERJ/ docente PPGEB Doutora

Clélia Christina Mello Silva A Costa – pesquisadora do IOC/Fiocruz/ docente PG-EBS - Doutora

Daniel Salvador – professor do CEDERJ/ docente PG-EBS- Doutor

Deise Vianna – professora da UFRJ/ docente PG-EBS- Doutora

Elba Lemos – pesquisadora do IOC/Fiocruz/ docente PG-MT - Doutora

Laura Lacerda Coelho – pesquisadora do IOC/Fiocruz/ pós-doutoranda PG-EBS- Doutora

Luciana Garzoni – pesquisadora do IOC/Fiocruz/ docente PG-EBS e PG-BCM - Doutora

Francisco Mattos - Professor do Colégio Pedro II e da UERJ- Doutor

Marcelo Camacho – professor do IOC/Fiocruz - Doutor

Maria Goretti A Rodrigues -  professora da UFF - Doutora

Mariana Souza - pesquisadora de FarManguinhos/Fiocruz/ docente PG-BCM - Doutora

Roberta  Corrêa – professora da rede pública no Rio de Janeiro/ Mestre, doutoranda PG-EBS

Roberta da Matta – professora da rede pública no Rio de Janeiro/ Mestre, doutoranda PG-EBS

Rosane Santos – professora da rede pública no Rio de Janeiro/ Mestre, doutoranda PG-EBS

Tania Araujo-Jorge - pesquisadora do IOC/Fiocruz/ docente PG-EBS e PG-BCM - DoutoraMinicurso 1: CUIDANDO DA SAÚDE NA ESCOLA: desenvolvendo conceitos e ações

UNIDADE I:  Conceitos a dominar  

Covid e Indicadores de evolução e critérios para tomada de decisões

Medidas preventivas não farmacológicas para prevenção da COVID-19 na escola (cuidados sanitários) 

Vigilância Epidemiológica e Vigilância Comunitária em Saúde na Escola

Normativas governamentais locais (município e estado)

UNIDADE II: Construção do plano específico de cada escola 

Recomendações nacionais e internacionais para elaboração das estratégias de prevenção e mitigação

Vigilância e controle da COVID-19 na escola: comissão interna e sala de monitoramento 

Construção do plano de ação segundo modelo fornecido - item de avaliação
Minicurso 2: REORGANIZANDO A ESCOLA

UNIDADE I: Projeto Político Pedagógico da Escola: reconstruindo a escola, 

Adequação do projeto Político Pedagógico da escola a nova realidade imposta pela pandemia do COVID-19, reconstruindo princípios, currículo, estratégias educativas e avaliação.

UNIDADE II: Base Nacional Comum Curricular: o que precisamos saber e aplicar; 

Pontos da BNCC que convergem para uma educação interdisciplinar e crítica e plural.

As 10 competências gerais presentes na BNCC dialogam com as preocupações da Nota Técnica nº1/2020/PG-EBS/IOC-FIOCRUZ, que ajudam a orientar o percurso escolar dos alunos ao longo das etapas da Educação Básica

Como atingir uma educação integral, menos conteudista e mais reflexiva no período de transpandemia, tomando-se o panorama de como os objetivos e conteúdos disciplinares estão dispostos na BNCC para as etapas da Educação Básica? Cada escola pode ponderar aquilo que deve ou não ser utilizado para garantir um ensino de qualidade ? 

UNIDADE III: Ensino Híbrido 

O ensino híbrido e a premissa de que o estudante deve ter autonomia para construir seu próprio processo de aprendizagem, a partir da mentoria do professor: o que de hibridiza são formas de aprender diferentes e não formas de ensinar.

O ensino híbrido para romper o ciclo de aulas tradicionais conteudistas e começar a usar novas formas de promover o processo de ensino aprendizagem. Avaliação se reinventando. 

Inserção de tecnologias digitais como facilitadores do processo de ensino-aprendizagem, e a reivindicação da inclusão digital e das TIC para todas as escolas, alunos e professores.

Cada escola cria sua própria forma de fazer, basta usar todas as peças! Com ou sem tecnologias digitais

UNIDADE IV: Cotidiano Escolar

Reflexões de viés sanitário sobre a rotina escolar como subsídio para tomada de decisão

Minicurso 3: PROTEÇÃO E SAÚDE MENTAL: PRIORIZAR A VIDA

UNIDADE I: Fortalecimento psicossocial da comunidade escolar

Investigar os impactos psicossociais causados pela pandemia na comunidade escolar, despatologizando comportamentos que atravessam todos neste momento.

Fortalecer competências de gestores e professores para fortalecimento da saúde mental de estudantes a partir do matriciamento territorial.

Desenvolver competências e habilidades para desenvolvimento de atividades, dinâmicas e práticas de fortalecimento de habilidades socioemocionais alinhadas à BNCC.

Organizar ações em um plano para o fortalecimento psicossocial na escola 

UNIDADE II: Proteção contra violências

Investigar os impactos da pandemia na proteção de crianças e adolescentes contra todas formas de violência.

Fortalecer competências de gestores e professores para identificação e encaminhamento de casos de violência a partir do matriciamento territorial, com base na Lei 13.431.

 Desenvolver competências e habilidades para práticas de fortalecimento à prevenção e resposta à  violência, alinhadas à BNCC.

Organizar ações em um plano para proteção contra violèncias na escola e na comunidade escolar 

Minicurso 4: NINGUÉM PARA TRÁS: LUTANDO CONTRA A EVASÃO

Construir reflexões sobre os riscos de evasão escolar na sua escola 

Identificar e propor medidas de enfrentamento, prevenção e mitigação do problema da evasão 

Identificar  barreiras e soluções para o enfrentamento do tema 

Organizar um plano de busca ativa na escola 

Minicurso 5: CONSTRUINDO O PLANO LOCAL

UNIDADE I:  Visão integrativa dos efeitos da pandemia de COVID-19 na escola

Visão sistêmica dos problemas trazidos pela pandemia de COVID-19

Escolha de materiais educacionais para a formação continuada dos profissionais da escola e demais membros da comunidade escolar

UNIDADE II:  Construção do plano local completo

Integração das propostas desenvolvidas nos minicursos 1, 2, 3 e 4 

Análise de outros planosAutodeclarar professor/gestor ou profissional de educação da rede pública.

Autodeclarar professor/gestor ou profissional de educação da rede particular.

Autodeclarar professor/gestor ou profissional de educação, mas não em exercício no momento.Curso em formato MOOC - curso massivo aberto online

MOOC é a sigla, em inglês, de curso massivo aberto online (massive open online course). Isso significa que o curso é planejado para atender a um grande número de cursistas simultaneamente com participação em atividades colaborativas dentro de um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) desenhado para este propósito. O resultado é um curso baseado em materiais em diversas mídias (textos, vídeos, áudios etc.), organizados e elaborados por especialistas, além de um conjunto de atividades de interação e colaboração que ajudam o participante a consolidar e aplicar a aprendizagem adquirida.
Uma das principais ideias por trás dos cursos no modelo MOOC é a de que a comunidade de cursistas colabora para dar forma à sua própria aprendizagem. De acordo com o pesquisador canadense George Siemens, autor da teoria de aprendizagem chamada conectivismo, “o que sabemos é menos importante que nossa capacidade de continuar aprendendo mais. As conexões que fazemos em  redes de aprendizagem asseguram que continuemos atualizados e seguindo o fluxo de produção do conhecimento,
Em um MOOC, os participantes contaram também com o feedback (retorno) dos outros participantes em algumas atividades para aprimorar seu desempenho e colaborar para a construção coletiva do conhecimento. Essa interação, contudo, continua sendo moderada por alguns mediadores, mas em uma relação bem maior, como, por exemplo, um mediador para cada 800 alunos inscritos.
O que esperamos de você como participante de um curso aberto massivo online?

Como participante de um curso MOOC, você terá acesso a um conjunto de informações diferenciadas, organizadas de maneira planejada, que se integram na exploração do tema e dos conteúdos propostos, buscando atender às diversas possibilidades e aos variados perfis de aprendizagem.
Além disso, a cada unidade do curso esperamos que você realize uma atividade que se relaciona com os tópicos que acabou de estudar. Algumas vezes, essa atividade terá a forma de um questionário com respostas automáticas, para ajudar você a avaliar seu conhecimento. Outras vezes, envolverá uma tarefa orientada para a pesquisa e a organização de informações, que poderá ser revisada pelos seus próprios colegas (revisão por pares), ou ainda fóruns de discussão onde os próprios cursistas farão a moderação. 
A sua participação ativa no curso é fundamental para que o processo de aprendizagem seja o melhor possível para todo o grupo. Com o intuito de estimular ou auxiliar esse tipo de colaboração entre os estudantes, existirá um cronograma proposto de atividades, que determinará o seu ritmo de estudo a cada semana. Fique atento ao cronograma para não perder nenhuma atividade colaborativa do curso.
Em algumas das atividades poderá haver trabalhos com revisão por pares, ou seja, você será o avaliador anônimo do trabalho enviado pelo seu colega e outro colega avaliará o seu trabalho. Você e seus colegas disporão de uma rubrica de avaliação que orientará essa colaboração. A responsabilidade de quem avalia é grande, seja aplicando a rubrica a suas próprias atividades, seja empregando-as na avaliação de outros companheiros do curso (avaliação por pares).
Este MOOC coloca à disposição também um fórum de dúvidas para falar com mediador, caso você tenha alguma dificuldade para utilizar a nossa sala de aula.1.000 professores, de 500 escolas diferentes.