Cursos

Home Cursos
Voltar

Doutorado em Patologia

Unidade/ofertante: Instituto Gonçalo Moniz Telefone: (71) 31762223 /2296/ 2447 Email: ensino.bahia@fiocruz.br
D Doutorado
Presencial
Mestrado: Dedicação Exclusiva - Duração: 24 meses / Doutorado: Dedicação Exclusiva - Duração: 48 meses
Aguarde Novas Inscrições

Sobre o curso

O Curso de Pós-Graduação em Patologia (PGPAT) foi implantado na Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1972 como Mestrado em Patologia Humana, sendo complementado com Doutorado em 1989. O sucesso do curso pode ser atribuído ao fato de ter sido implantado por um grupo de excelência em Patologia que atuava no Serviço de Anatomia Patológica do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (UFBA).  A Escola de Patologia da Bahia teve neste curso de pós-graduação um importante papel na formação de patologistas voltados para as áreas de pesquisa e ensino. Desde a sua primeira avaliação pela CAPES o curso obteve conceito “A”. Com a nova sistemática de avaliação, o curso está com conceito 6.

PGPAT é sediado no Instituto Gonçalo Moniz (IGM) uma das mais produtivas unidades da Fundação Oswaldo Cruz. O curso mantém também sua forte vinculação com a UFBA. Dessa forma, o PGPAT se constitui em um importante núcleo de produção científica e formação de pesquisadores. Muitos de seus alunos tornaram-se atores da expansão do IGM, contribuindo para sua dimensão atual. Professores de Patologia e pesquisadores formados neste curso estão hoje espalhados por várias Universidades e Institutos de Pesquisa do país.

A proposta do Curso é formar docentes e pesquisadores, sendo que a condução de pesquisa de qualidade é essencial para o bom desempenho do ensino universitário. O Mestrado tem como objetivo o acúmulo de conhecimentos gerais da área de atuação do curso, aprofundamento dos conhecimentos em disciplinas específicas do campo onde atua, além da exposição prática ao método científico através da execução dos experimentos necessários ao seu trabalho de conclusão do curso. Nesta perspectiva o Mestrado tem dupla função: preparar alunos para a etapa seguinte da formação científica e para a prática docente. O Doutorado é visto como a etapa de formação do pesquisador independente. Tal formação se dá pelo trabalho orientado por pesquisador já formado, onde a dedicação, o estudo independente e os trabalhos específicos são mais importantes que o ensino ministrado em disciplinas.


perfil

Os candidatos ao PGPAT devem ser alunos graduados em curso da área biomédica (Medicina, Biomedicina, Farmácia, Bioquímica, Enfermagem, Biologia, Odontologia, Medicina Veterinária, etc.) A inscrição para seleção poderá ser feita, condicionalmente, por aluno matriculado no último semestre do curso de graduação (estes candidatos devem comprovar a sua condição de graduados antes da matrícula).


contato

IGM - Instituto Gonçalo Moniz
Rua Waldemar Falcão, 121 - Candeal 40.296-710 - Salvador-Bahia
Tel.: +55 71 3176 2296
Secretarias: Ana Carolina Sodré Bitencourt e Ana Carolina Costa
Coordenador(a): Clarissa Araújo Gurgel Rocha
Vice-Coordenador(a): Juliana Perrone B. de Menezes Fullam


Coordenadores

  • Dra. Cláudia Ida Brodskyn

    Dra. Cláudia Ida Brodskyn

  • Patricia Sampaio Tavares Veras

    Patricia Sampaio Tavares Veras

Observações

São áreas de concentração do PGPAT: 

I. Patologia Humana (restrito a profissionais com graduação em medicina) 

II. Patologia Experimental (demais profissionais de saúde, das ciências biológicas e biomédicas) 

 

Os projetos de pesquisa desenvolvidos no PGPAT devem, obrigatoriamente, estar alinhados às seguintes linhas de pesquisa: 

1) Patologia e imunopatologia com ênfase nos mecanismos causadores das doenças infecciosas, parasitárias, crônico-degenerativas e genéticas; 

2) Abordagens diagnósticas e terapêuticas em doenças humanas e em modelos experimentais; 

3) Investigação de biomarcadores para doenças humanas e agentes antitumorais.