1º Hackaton da Divulgação Científica em Saúde - Latíssimo


1º Hackaton da Divulgação Científica em Saúde

Uma maratona para pessoas que desejam aproximar ciência e sociedade


 
Seja bem-vindo(a) ao Hackaton da Divulgação Científica em Saúde!

Este é um evento promovido pela Presidência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio da Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação, e pelo Instituto Nacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia, com a colaboração do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, do Museu da Vida e do Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Queremos reunir cientistas, jornalistas, designers, museólogos, educadores, pós-graduandos e outras pessoas interessadas para uma maratona de elaboração de projetos em divulgação científica em saúde. Não se trata de um curso ou de uma aula, mas de um exercício prático, no qual a interação entre os participantes é que vai enriquecer o processo. Ao final, escolheremos, entre os participantes, dois projetos cuja execução será financiada pela Fiocruz com recursos de até R$ 25 mil.


O que é um hackaton? 

Tradicionalmente, hackaton é uma mistura das palavras to hack (de fatiar, quebrar) e marathon (maratona), geralmente utilizada para designar maratonas de programação computacional. Porém, aqui expandimos o significado para uma maratona de desenvolvimento de projetos inovadores de divulgação científica, que podem ou não ter caráter tecnológico.


Nossos objetivos  

>> Fomentar o desenvolvimento de projetos de divulgação científica na área de saúde;

>>  Promover a integração entre cientistas, jornalistas e outros profissionais interessados, cujos perfis podem ser complementares no desenvolvimento de atividades de divulgação científica;

>>  Desenvolver nos participantes o pensamento criativo e a capacidade de trabalhar em grupo.


Tema escolhido

Todo cidadão faz uso da ciência – como as pesquisas científicas impactam a saúde da população e outros aspectos de sua qualidade de vida


Metodologia  

A palavra de ordem é aprender fazendo. Por isso, apesar de incluirmos algumas palestras iniciais – cujo objetivo principal será provocar reflexão, mais do que ensinar alguma coisa –, a maior parte do hackaton será composta de exercícios práticos, segundo a lógica do design thinking, uma ferramenta que combina empatia, criatividade e desenho de protótipos.


Regulamento

Clique aqui para acessar o regulamento completo.


Inscrições  

A chamada está aberta a qualquer profissional que tenha uma boa ideia em divulgação científica em saúde e esteja interessado em desenvolvê-la, independentemente de sua formação ou vínculo institucional.

Perfis de possíveis participantes incluem (mas não se restringem a): cientistas, jornalistas, designers, artistas, museólogos, professores, cineastas, fotógrafos e estudantes de pós-graduação.

Serão selecionados 30 participantes.

Clique aqui para acessar o formulário de inscrição.

Tem alguma dúvida? Entre em contato pelo endereço HackatonDC@fiocruz.br


Comissão Organizadora

Luisa Massarani, coordenadora (Instituto Nacional de Comunicação Pública da Ciência e da Tecnologia, Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação/ Fiocruz)

Catarina Chagas, coordenadora (Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino)

Rosicler Neves (Museu da Vida/ Casa de Oswaldo Cruz/ Fiocruz)

Marcello de Vasconcellos (ICICT/ Fiocruz)



Realização:



Colaboração: